Páginas

28 junho 2012

Ninguém Tem mais Tempo do que Você

     

“Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, remindo o tempo; porquanto os dias são maus "
Efésio 5. 15-16


 A Questão  de  tempo é muito  mal entendida pela maioria absoluta das pessoas.    Entre os cristão genuínos, o  tema não  é diferente. Em todas as atividades que a vida requer  de nós, enfrentamos o problema de como administrar o tempo que temos. Algo, porém, é muito interessante quanto ao sentir falta de tempo; geralmente temos tempo para realizar tudo o que gostamos ou sentimos prazer. Não querendo generalizar, mas sendo franco, a desculpa  “não tenho tempo” não está ligada às atividades da vida nas quais sentimos mais prazer e alegria, mas sim às nossas obrigações menos prazerosas.

Quanto às nossas obrigações espirituais, verificamos com freqüência a mesma desculpa sendo oferecida como se fosse a plena e total realidade dos fatos:  Momento devocional diário, oração e leitura da Bíblia:Não consigo! Reunião de oração semanal, nem pensar! Culto no meio da semana: impossível! Qualquer atividade extra fora dos horários normais aos domingo: fora de questão!Lendo o livro “Como aproveitar ao máximo o seu tempo e potencial”, encontrei uma pesquisa interessante a respeito de ter tempo. “Cada pessoa tem direito a: 1.440 minutos por dia e 168 horas por semana. Todos temos em cada dia, a mesma quantidade de tempo que os demais. Eis o pecado: ninguém tem tempo suficiente, mas cada um tem todo tempo que existe”.

O próprio Senhor Jesus, não pediu mais tempo para o Pai por não ter conseguido realizar sua obra. Viveu um breve período de trinta a trinta e três anos. Moisés pede a Deus para aprender a contar os seus dias (talvez horas, minutos) para alcançar um coração sábio.

Paulo diz que devemos remir o tempo porque os dias são maus.
“Cada um de nós deve pensar no tempo como sendo a matéria-prima de que é feita a vida. Cada dia nos trás a oportunidade de nos transformamos em algo melhor do que éramos no início dele”.
Temos a oportunidade de nos tornarmos mais parecidos com Cristo ou menos parecidos com Ele, a cada dia.

Pedro diz que devemos ”crescer na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo”.  2Pe. 3:18.

Este crescimento tem lugar dentro de um período de tempo, dentro da vida. Não perca esta única oportunidade! A ordem de Jesus, quanto a nossa missão, foi clara: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura! Mt. 28:19.

Portanto deixar de usar o nosso tempo com sabedoria é pecado, é negligência, é perda de tempo!
Temos todo tempo que precisamos!

Usemo-lo,  portanto,  para   melhores  atividades:
1. atividades espirituais   
    (devocionais e ministeriais),
2. atividades sociais
     (relacionamentos),
3. atividades físicas (saúde),
4. atividades profissionais            
    (trabalho), 
5. atividades de lazer (descanso). 

Que Deus nos ajude a administrar o nosso tempo.

Pr. José Vasconcelos


Um comentário:

Andrei Quaresma disse...

Graça e paz. Vejo a importãncia da postagem, e acho que o maior problema relacionado com o assunto é a mentira. Somos seres humanos, e sabemos nossas necessidades, então quando se trata de compromisso religioso, ou atividades na igreja, devemos utilizar o sim, sim, não, não. Se nos sentimos sobrecarregado, devemos agir positivamente. Se não conseguimos ser sinceros nem para conosco mesmos, não podemos ser sinceros para com os outros. Não adianta nos escondermos dos irmãos, se Deus sabe nossa vida. Portanto falo... sim ou não... se for fariseu negando meu viver, minha condição de vida, não estarei agradando a Deus, mas aos homens.